O Baile dos Turcos e o Baile dos Pretos- Corpo de Deus- Penafiel

 A Dama a pedir socorro ao exército cristão e a São Jorge
 Esta dança, única no País, de efeito espectacular, retrata uma batalha entre mouros e cristãos. 
Um exército cristão, comandado por São Jorge vem em defesa de uma dama casada com um rei Mouro, mas que está farta e se quer converter à fé cristã. A certa altura do Baile, após as encenações principais, como a prisão da dama e a afronta entre mouros e cristãos, começa a batalha.
São Jorge acaba morto pelo rei Turco, e quando tudo parecia perdido para os Cristãos, rebenta no ar um foguete, e de um grande rochedo sai um anjo que vem ressuscitar São Jorge, libertar a dama e converter os mouros à fé cristã, dando assim fim ao Baile. 
ficam as fotos que comprovam o efeito do Baile.


 Luta entre Rei Turco e São Jorge. São Jorge acaba morto

O Anjo salta do rochedo e vem ressuscitar São Jorge


O Baile dos Pretos- único no País

O Baile dos Pretos, trata-se de uma tradição única no País, das Festas do Corpo de Deus de Penafiel, que já não se realizava desde 1963, e foi recuperado em 2011,  pela Associação do Desenvolvimento de São Paio da Portela.
 Este Baile sempre foi dos Bailes mais apreciados pela população. A sua maneira caricata, berrante, satírica e alegre de actuar sempre cativou as gentes da urbe e de fora do concelho. Os pretos  vestem de calção e tanga, as pretas de saia também tanga, de cores fortes, e pintados completamente de negro. A Rainha e o rei com vestes cintilantes, com coroa vistosa na cabeça. No Baile segue um preto com um grande mastro de onde de agarram fitas de várias cores. A certa altura do Baile o mastro coloca-se ao centro e os pretos correm em volta, segurando uma fita cada um. A musica do Baile é através de batuque, acordeão e tambor.

Acabam a cantar todos "Pelas festas da Cidade viemos representar! Vamos dar fim ao batuque, vão ter de nos desculpar... currucucu, querracácá! dá meia volta que faz dançar"

Comentários