Cortejo do Carneirinho, Cavalhada e Procissão são os pontos altos das Festas da Cidade de Penafiel

As Festas da Cidade e do Concelho de Penafiel (Festas do Corpo de Deus) decorrem entre os dias 29 Maio e 2 Junho de 2013. Conheça os Pontos altos da Festa.

O Cortejo do Carneirinho- único no País
No dia 29 Maio, às 10h30,  parte  do Campo da Feira, o Cortejo do Carneirinho, tradição única no País que remonta ao ano de 1880 quando os alunos da casa escolar de Senhor Henrique de Carvalho resolveram brindar o seu professor com um carneiro e desfilaram com o animal todo enfeitado pelas ruas. Milhares de crianças do ensino básico do Concelho de Penafiel percorrerão as principais avenidas da cidade.
Cada turma leva consigo o seu carneirinho, enfeitado, que por sua vez, será oferecido ao seu Professor, como sinal de gratidão e respeito.



A  Secular Cavalhada- única no País
No Dia 1 de Junho às 21:30h, terá lugar outra tradição única no país, a Cavalhada. Este desfile com origem no século XVIII, parte do Campo de Torres Novas e segue em desfile pelas avenidas da cidade até ao edifício dos Paços do Concelho. Um carro puxado por uma parelha de cavalos traz a figura da cidade, que vestida a rigor, irá apresentar cumprimentos à edilidade. Em frente ao edifício a figura da cidade pede silêncio aos presentes para poder saudar os autarcas que se encontram na varanda principal. Lidos os versos, a figura alegórica que foi delegada pelo povo dirige-se à varanda do edifício  acompanhado por duas meninas vestidas de branco, e aí saúda o Presidente da Câmara perante o povo penafidelense.
Após esta saudação actuam os Bailes dos Ofícios das Festas do Corpo de Deus de Penafiel, também únicos no País!!!
O Baile dos Ferreiros, conhecido pela sua bela coreografia com uma dança das espadas; 
O Baile dos Pedreiros, onde retrata um pouco do dia-dia desta classe profissional; 
O Baile dos Pausinhos, dança moderna com moços e moças bem alinhados ao som do apito e dos clarinetes; 
O Baile das Floreiras, de muito encanto feminino;
O Baile dos Turcos, dança épica que retrata uma batalha entre mouros e cristãos de efeito espectacular.
O Baile dos Pretos, com uma dança muito alegre ao som de batuque.



A Procissão do Corpo de Deus-única no País!!!
Dia 2 Junho às 17h30 a cidade enche-se de milhares de pessoas  para ver passar a Majestosa Procissão do Corpo de Deus. Esta procissão única no país, datada desde 1540, junta no mesmo corso duas partes distintas, o profano e o cristão. Fazem ainda parte da procissão figuras como o “estado de S. Jorge”,  uma comitiva de cavaleiros vestida à Século XV e cavalos bem engalanados, o Carro Triunfal, os Bailes tradicionais, a Bicha Serpe, o Boi Bento,  as bandas de música, as representações bíblicas da vida de Jesus Cristo, a comunidade cristã da cidade,  as 38 cruzes que representam cada uma das freguesias do concelho, o Corpo Eclesiástico, as Irmandades da Cidade e a Confraria da Cidade. Presidida por um Bispo auxiliar do Porto, a procissão do Corpo de Deus sai da Igreja Matriz e percorre as ruas da cidade com destino ao Santuário do Sameiro onde se procede à bênção da cidade e do concelho, finalizando com uma largada de pombos. Após a Saudação centenas de foguetes rebentam no ar, de seguida a Procissão volta a descer ao centro onde recolhe na Igreja Matriz.


Comentários

Lúcia Curopos disse…
Olá, trabalho em Penafiel e tal como as outras professoras/educadoras todos os anos recebo o carneirinho... Tento saber mais informações sobre esta tradição antiga, nomeadamente porque vai o S. Jorge e a bicha serpe no desfile com as criancinhas ( bonecas)? Apesar de já ter perguntado a várias pessoas lá na escola ( Santiago de Subarrifana) ninguém me sabe dar resposta. Apenas referem que sempre foi assim, desde o tempo dos seus pais...
Se por acaso me souber responder agradecia, pois gostava de tenttar explicar ás crianças todos o simbolismo do desfile...
obrigada...
Lúcia Curopos ( educadora de infância)
Tiago Lopes disse…
Boa noite Lúcia;

São Jorge e do Dragão são muito importantes na História de Penafiel.
O São Jorge já foi o patrono e defensor do Reino de Portugal, por isso a sua presença na Procissão se torne tão importante.
A serpe surge por fazer parte duma lenda de s.jorge.

Em vários locais da Cidade de Penafiel são visiveis marcas desta lenda do combate do dragao com o santo.
Alias na entrada da magikland tem uma estatua que retrata este episódio.

A serpe esteve alguns anos sem vir na procissão, sendo recuperada em 1989.
A Bicha serpe aparece em todas as iniciativas da festa, desde cortejo do carneirinho, cavalhada e procissão.

O S.jorge que se refere no carneirinho, não se trata de s.jorge, mas sim duma encenação do Carro Triunfal que vem na procissão. as bonecas retratam as meninas que no dia vem no carro verdadeiro.

Um muito obrigado
ass- Tiago Lopes
Lúcia Curopos disse…
Boa noite,
Agradeço a amabilidade em explicar-me o significado deste simbolismo...
Gosto de saber a razão das coisas para as poder explicar às crianças...
Aproveito para felicita-lo pelo seu blog, porque demonstra uma grande dedicação e amor à sua terra natal, o que hoje é raro de ver em jovens como me parece ser o Tiago...
Cumprimentos
Lúcia Curopos