II Encontro de História e Património em debate no Museu de Penafiel

Iniciativa comemorou ainda os 40 anos de escavações no Castro de Monte Mozinho

No passado dia 26 de setembro, o auditório do Museu Municipal de Penafiel recebeu, no âmbito das Jornadas Europeias do Património 2014, o II Encontro de História e Património com o tema “Arqueologia e Turismo – 40 anos de (r)evolução na promoção dos sítios arqueológicos”, comemorando ainda os 40 anos de escavações no Castro de Monte Mozinho.

Este Encontro contou com a presença de Antonino de Sousa, Presidente da Câmara Municipal de Penafiel; Susana Oliveira, Vereadora com o Pelouro da Cultura; Adolfo Amílcar, Vereador com o Pelouro do Turismo; Maria José Santos, Diretora do Museu Municipal de Penafiel; António Ponte, Diretor Regional de Cultura do Norte e Melchior Moreira, Presidente do Turismo do Porto e Norte.

Para Antonino de Sousa, Presidente da Câmara Municipal de Penafiel, “Estas jornadas são uma excelente iniciativa para debatermos o que de melhor o nosso Concelho tem a nível de historia e de património. Neste âmbito, nada melhor do que destacar o Castro do Monte Mozinho, um património especial para todos os penafidelenses e que comemora os 40 anos de escavações. Através do reconhecido e notável trabalho do nosso Museu Municipal, o nosso Castro tem tido uma divulgação e promoção extremamente importante. Este Castro, o maior da Península Ibérica, é uma referência histórica, classificada como imóvel de interesse Público, desde 1948.”

As Jornadas Europeias do Património são uma iniciativa anual do Conselho da Europa e da União Europeia que envolve cerca de 50 países, com o objetivo comum de sensibilizar os cidadãos para a importância da proteção do Património.

Melchior Moreira, Presidente do Turismo do Porto e Norte, apontou o Museu Municipal de Penafiel como referência internacional que prestigia a marca Portugal, “Penafiel é uma referência em termos arqueológicos e um local de excelência que contribui para o turismo regional e para o Porto e Norte. O Município de Penafiel é um excelente exemplo de promoção turística do território, onde destaco o Museu de Penafiel, uma referência internacional que prestigia a marca Portugal. É cada vez importante preservar o património, a história e a cultura para podermos potenciar o desenvolvimento do turismo sustentado.”

Para António Ponte, Diretor Regional de Cultura do Norte, “É importante transmitir a cultura de forma objetiva e com seriedade. Estes 40 anos de investigação no Monte de Castro Mozinho permitem perceber a sua extensa área e o seu estado de conservação. Devemos potenciar um turismo cultural de qualidade, promovendo o Norte e dando visibilidade às gentes daquele local.”


Ainda no âmbito das Jornadas Europeias do Património 2014 decorreu, no dia 27 de setembro, no Museu Municipal de Penafiel, um recital de violino pela penafidelense Francisca Portugal, estudante na Escola Profissional e Artística do Vale do Ave – ARTAVE com o Professor Nuno Meira, e acompanhada ao piano por Isolda Crespi Rubio.

Fonte desta notícia | Câmara Municipal de Penafiel

Comentários

poesia disse…
Gostei muito de ter participado nestas jornadas. Foi muito útil de ensinamentos. Obrigada por terem permitido subir mais um degrau na escada do conhecimento. com um abraço para o "NOSSO" museu da Donzilia martins
Tiago Lopes disse…
Muito Obrigado D.Donzília Martins,
É uma honra receber a sua visita e o seu comentário.

Cordiais Cumprimentos, Tiago Lopes