Penafiel acolheu mais de 10 mil pessoas no Dia dos Avós

Como tem sido habitual nos últimos anos, o Dia dos Avós voltou a ser assinalado de forma especial em Penafiel. No dia 26 de Julho, todos os avós do concelho de Penafiel foram convidados a participar num programa com diversas atividades que lhes são especialmente dedicadas.

O Município de Penafiel preparou para a edição 2015 uma novidade sob o lema “Recordar é Viver”, uma iniciativa que disponibilizou vários carros clássicos para os Avós poderem recordar e viver momentos de descontracção, com a parceira do clube penafidelense de automóveis antigos.
O programa do Dia dos Avós começou logo pela manhã com a atividade “Avós em Movimento” com aulas de zumba, ginástica e dança. De seguida realizou-se a Missa Solene Presidida por Sua Excelência Reverendíssima, o Bispo do Porto, D. Antonio Francisco dos Santos. O dia prolonga-se com o habitual Mega Pic-Nic e com muita diversão com o festival Espacial, com vários espectáculos musicais
Para Antonino de Sousa, Presidente da Câmara Municipal de Penafiel: “Esta grande festa, esta homenagem a todos os avós, começou a projectar-se há 30 anos, quando uma Penafidelense, a Dona Ana Elisa de Couto, assumiu o desafio de criar o Dia dos Avós. Com o seu empenho e dedicação conseguiu que a Assembleia da Republica, em 2003, oficializa-se o “Dia Nacional dos Avós”. Este dia de homenagem pretende valorizar e destacar todos os avós. Os avós são fundamentais na nossa sociedade e principalmente no seio das nossas famílias. Os nossos avós são uma fonte de vida e uma escola de sabedoria. Este dia é de homenagem a todos os avós de Penafiel e a todos os avós de Portugal.
Como habitual nesta data, as Comemorações do Dia dos Avós completou-se com a homenagem a Ana Elisa de Couto, natural de Penafiel e mentora do dia dos avós em Portugal. A penafidelense dedicou vários anos da sua vida para dedicar um dia a todos os avós, homenageando-os enquanto transmissores de cultura, história e sabedoria e enfatizando o vínculo que representam entre as antigas e novas gerações.
O Dia Nacional dos Avós foi instituído pela Assembleia da República, em Junho de 2003, após inúmeros contactos de Ana Elisa de Couto, uma munícipe de Penafiel, já falecida, que reclamava desde 1986 a oficialização daquele dia.

Fonte desta notícia | Câmara Municipal de Penafiel

Comentários

Gostei do artigo mas rectifico o ano em que foi aprovado na assembleia da republica o Dia Nacional das Avòs - 2003.